Mata Mato com zero Herbicida
10X mais econômica que outras capinas
Fornecendo ferramentas para um mundo livre de herbicidas
Eletrônica de potência avançada para o controle de ervas daninhas
Electroherb™: a alternativa não química de proteção de culturas
Eletrônica de potência avançada para o controle de ervas daninhas
Fornecendo ferramentas para um mundo livre de herbicidas
Eletrônica de potência avançada para o controle de ervas daninhas
Anterior
Próximo

IZI Day celebra o lançamento de novo equipamento de capina elétrica da Zasso

Evento realizado em 24 de maio marca o lançamento do IZI, equipamento de Capina Elétrica Portátil da Zasso Brasil, mata mato totalmente sem herbicidas. O lançamento teve como cenário o Helvetia Polo Country Club, em Indaiatuba, interior de São Paulo.

Além de apresentar as funcionalidades do IZI, com demonstrações práticas em campo, o evento foi abrilhantado com palestras sobre Sustentabilidade e Tecnologia. A primeira palestra da tarde foi do diretor do Datagro, Guilherme Nastari, que apresentou um panorama nacional e internacional de tecnologias limpas em seus usos ao redor do mundo.

Seguido por um painel mediado pelo diretor da Zasso Brasil, Sérgio Coutinho Filho, entre Sylvio Coutinho, diretor da TRC e João de Almeida Sampaio Filho, o Zazo, ex-secretário da Agricultura de SP.

Gustavo Carvalho, diretor da Desinsecta, apresentou resultados do trabalho realizado com o Eletroherb, equipamento de Capina Elétrica Urbana em cidades de Minas Gerais. Demonstrado através de fotos e vídeos o sucesso na operação de limpeza de mato de guias, sarjetas e calçadas com a tecnologia da Zasso Brasil.

Encerrando o ciclo de palestras da tarde, Sergio Coutinho Filho, diretor da Zasso Brasil apresentou o IZI para os presentes. O equipamento faz a Capina Elétrica de maneira focada, sem derivas, de forma manual, leve e fácil. Ideal para jardins, hortas, pequenos cultivos e gramados. Todos foram convidados para testar no gramado e comprovar a eficácia do mata mato sem herbicidas.

Sucesso de público o evento reuniu clientes e parceiros da Zasso Brasil, que buscam por alternativas sustentáveis de capina. 

CATI faz testes com a Capina Elétrica Zasso Brasil

A Coordenadoria de Assistência Técnica Integral (CATI), sediada em Campinas (SP) e criada em 1967, é um órgão da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo (DECRETO nº 41.608 de 24/2/1997).
A CATI surgiu com a missão de promover o desenvolvimento rural sustentável, por meio de programas e ações participativas com o envolvimento da comunidade, de entidades parceiras e de todos os segmentos dos negócios agrícolas. Ela coordena e executa os serviços de assistência técnica e extensão rural ao pequeno e médio produtor rural, com ênfase na produção animal e vegetal, conservação do solo e da água e produção de sementes e mudas.
Presente em todos os municípios paulistas, por meio das 594 Casas da Agricultura, dos 40 Escritórios de Desenvolvimento Rural e dos 21 Núcleos de Produção de Sementes e Mudas, proporciona ações práticas de desenvolvimento do agronegócio, de acordo com a realidade de cada região.
A CATI oferece, por meio do Departamento de Sementes, Mudas e Matrizes (DSMM), materiais genéticos de qualidade a baixo custo e, com isso, garante a competitividade além de incrementar a renda do produtor rural. Pela instituição são comercializadas mais de 20 variedades de sementes e cerca de 300 espécies diferentes de mudas.

Capina Elétrica Zasso Brasil no Quinta da Baronesa, em Bragança Paulista

A equipe Zasso Brasil, liderada pelo nosso gerente comercial e engenheiro agrônomo, Emilio Garnham, apresentou a Capina Elétrica em Bragança Paulista no condomínio Quinta da Baronesa.

O equipamento de Capina Elétrica Urbana foi operado nas guias, sarjetas, calçadas e ciclovias do condomínio, eliminando mato invasor sem danificar concreto e asfalto. O IZI, equipamento portátil, teve sua eficiência demonstrada nos jardins, sem deixar deriva ou danificar o gramado.

O Quinta da Baronesa fica entre Itatiba e Bragança Paulista, o condomínio conta com centro hípico, clubes, golfe e muito cuidado com o meio ambiente.
Já contam com ações como a preservação total de áreas verdes e enriquecimento dos recursos naturais existentes, estação própria de captação, tratamento e distribuição de água, estação própria de tratamento de esgoto, reúso de água para irrigação das áreas comuns, calçadas gramadas, favorecendo a infiltração de água no solo, reciclagem de resíduos líquidos e sólidos, entre outras.

O uso da Capina Elétrica é mais uma das iniciativas que visam a qualidade de vida e o meio ambiente, a melhor solução para quem procura eficiência em mata mato sem herbicidas:

  • Totalmente livre de qualquer agente químico.
  • Ambientalmente sustentável e socialmente responsável.
  • Até 20x mais rápida que outros métodos de capina.
  • Certificada para uso em cultivos orgânicos.
  • Controla plantas resistentes a outros métodos de capina.
  • Não prejudica a saúde da população;
  • Econômica.
  • Eletrônica de alta potência utiliza apenas descargas elétricas para o controle de plantas invasoras!

Demonstrações da Capina Elétrica Zasso Brasil em Joinville

Nos dias 16 e 17 de julho a Capina Elétrica Urbana esteve em demonstrações em Joinville, Santa Catarina. Apresentando a tecnologia e atestando a eficiência do mata mato sem herbicidas aos convidados.

Nosso gerente comercial, Flavio Pellegrinelli, acompanhado de nosso representante no estado, Anselmo Cadorin, e nossa parceira MarBrasil, representada por Dauren Monteiro, receberam durante os dois dias demonstrativos, prefeitos, secretários, empresários e demais interessados na Capina Elétrica.

Segura para o meio ambiente e saúde da população, a Capina Elétrica é totalmente livre de veneno! A Anvisa restringe o uso de herbicidas em todos os municípios brasileiros, que estão sujeitos à multa. A Capina Elétrica é feita exclusivamente com eletricidade. Uma tecnologia que controla plantas indesejadas com descargas elétricas. Pode ser aplicada através de diferentes equipamentos em diversos ambientes como urbano, agrícola, florestal, doméstico, entre outros. Segura para o Meio Ambiente e saúde da população.

A energia elétrica necessária para o adequado controle é aplicada através de um eletrodo ativo, que toca as folhas (sistema aéreo) da planta-alvo. A corrente elétrica aplicada pelo eletrodo ativo percorre o circuito entre as folhas (sistema aéreo), raízes (sistema radicular), solo e eletrodo passivo, que pode estar em contato com o solo ou outras plantas. A morte da planta ocorre pela destruição dos feixes vasculares (xilema e floema) por onde corre a seiva da planta. Não há qualquer efeito residual ou resíduo após a aplicação.

As operações de limpeza de guias, sarjetas e calçadas foram bem sucedidas e os resultados já podem ser observados nos locais de teste. Em aplicações urbanas como essa, pode ser até 20x mais rápida que outros métodos de capina

Quer ser nosso representante em sua região? Envie um e-mail para contato@zasso.com.br

Certis Europa e Zasso Iniciam colaboração no desenvolvimento

As diretrizes estipuladas pelo legislador significam que o gerenciamento integrado da planta para vias férreas está se tornando cada vez mais difícil. A Certis, com sua experiência comprovada em controle de ervas daninhas em sistemas ferroviários, ajuda a superar todos os desafios técnicos ferroviários.

Portanto, a Zasso GmbH e a Certis Europe estão planejando lançar testes este ano para desenvolver a tecnologia Electroherb ™ da Zassos, já estabelecida no setor agrícola, nos trilhos.

Em cooperação com empresas ferroviárias, áreas de pistas de teste já foram identificadas, onde ervas daninhas e plantas invasoras podem ser tratadas com a ajuda de um veículo ferroviário modificado pela Certis. Os testes iniciais em 2018 já mostraram que a tecnologia Zasso pode combater de maneira sustentável uma ampla variedade de ervas daninhas até as raízes.

Tipos de Capina e porque escolher a Capina Elétrica

O que pode parecer uma prática simples e milenar, denota de muito mais sofisticação do que muitos imaginam. A capina tem variados tipos e diferentes métodos, os quais vamos discutir e comparar com a Capina Elétrica. É importante considerar o melhor método de capina para cada área por diversos fatores, por exemplo: se afeta a qualidade do solo, os micro-organismos, cultivos, mananciais, saúde de quem faz a capina e da população ao redor, impactos ambientais, leis e restrições de órgãos responsáveis, entre outros.

A capina é conhecida como o ato de capinar, que os dicionários nos explicam como “Limpar o terreno do capim ou de qualquer erva daninha.” ou pela expressão carpir, que detona em sofrimento e lamuria. Esse sentindo dolorido vem do Latim CARPERE, que significa “colher” ou “arrancar”, usado como “arrancar fios de cabelo ou barba em sinal de dor”, trazendo consigo esse sentimento de pesar. Carpir não era uma tarefa fácil, exigia muito esforço físico, era uma tarefa penosa e dolorida, digna de tal lamuria.

Atualmente mantém apenas o sentido de “livrar de mato, capinar”, até porque com os avanços tecnológicos essa prática não precisa ser penosa e difícil. Conheça alguns tipos de capina e compare com a Capina Elétrica.

Capina Manual é a forma mais antiga de capinar, consiste em arrancar as plantas com as mãos ou com auxílio de enxada e outros instrumentos manuais.

Capina com arado é comum na agricultura, o arado é um instrumento que revolve a terra e com ela mato invasor. Pode ser feita com arado manual, com tração animal ou mecânica.

Capina mecânica (ou mecanizada) são técnicas de capina que usam equipamentos mecânicos, tratores e outras máquinas. Normalmente são equipamentos que reviram a terra por onde passam.

Capina química é a técnica que consiste em eliminar plantas invasoras por meio de agentes químicos, herbicidas são pulverizados sobre as plantas indesejadas. É a técnica que gera mais debates, já que o uso de algumas substancias pode ser prejudicial à saúde e ao Meio Ambiente. A Anvisa já restringe essa técnica nos municípios brasileiros e muitos grupos discutem esse uso também na agricultura.

Capina Elétrica é uma alternativa que consiste em matar mato invasor por meio de descargas elétricas controladas aplicadas diretamente nas plantas indesejadas. É uma tecnologia brasileira que usa eletrônica de alta potência para controle de mato, as descargas elétricas atingem as folhas e percorrem a planta até suas raízes, assim as eliminando por completo. Elimina plantas resistentes aos herbicidas, como a buva.

A nossa tecnologia de Capina Elétrica é totalmente livre de herbicidas, muito mais delicada com o solo do que outros métodos e totalmente mecanizada, ou seja, o operador faz tudo dentro do caminhão ou trator.

Oferecemos também uma opção manual, nosso equipamento portátil IZI, que com a mesma tecnologia mata o mato de maneira focada com poucos segundos de aplicação e quase nenhum esforço de quem opera.

É a melhor alternativa também para quem busca soluções em cultivos orgânicos, já que livre de herbicidas e agentes químicos as certificações nacionais e internacionais podem ser emitidas aos produtores que usam nossos equipamentos. Além disso, ser livres de herbicidas é essencial para usos urbanos, já que a Anvisa restringe o controle químico de mato em todos os municípios brasileiros. Oferecemos a Capina Elétrica Urbana para esse controle em guias, sarjetas e calçadas.

A Capina Elétrica é uma alternativa sustentável, não poluente e não agressiva à saúde. Mantem a qualidade do solo e seus micro-organismos. Para mais informações sobre a Capina Elétrica Zasso Brasil entre em contato conosco. 

 

Resultados do IZI no gramado do Estádio Novelli Junior demonstram a eficiência da tecnologia da Zasso Brasil

Terça feira, 24 de julho de 2018, estivemos em Itu. A nossa parceira GreeLeaf, empresa responsável pelos gramados do Estádio Novelli Junior do Ituano, nos recebeu para uma demonstração do IZI, nosso equipamento de Capina Elétrica Portátil.

Vejam o resultado após 1 semana de aplicação, o gramado preservado e apenas as plantas invasoras escolhidas na aplicação COMPLETAMENTE SECAS. Sem nenhum herbicida!
 

A Zasso leva o prêmio no concurso da FIESP de 2015

Todo ano, em São Paulo, a Federação das Indústrias promove um concurso entre dois grupos, o de jovens cheios de ideias e o de investidores dispostos a financiar projetos. São cinco minutos, cronometrados, para vender as ideias. Os finalistas, de um total de 1.200 inscritos, se apresentaram para os investidores, divididos em três categorias. 
​ A Zasso conquistou esse prêmio no ano de 2015, na categoria de agronegócio, ganhando assim, o apoio financeiro de investidores para crescimento do negócio. 

Confira a matéria completa no G1/Jornal Nacional: http://g1.globo.com/jornal-nacional/noticia/2015/06/concurso-em-sp-poe-jovens-cheios-de-ideias-em-contato-com-investidores.html

Back to News

Área do Operador e Representante

Esta é uma área restrita para os parceiros da Zasso. Para saber mais, entre em contato.